Guia de leitura de mãos 3/5

No terceiro mandamento do artigo sobre leitura de mãos iremos entender a influência do bordo na imagem que nós passamos aos nossos oponentes e, principalmente, a decifrar as possíveis combinações que podem ocorrer com vilões com determinados tamanhos de range. As partes anteriores do guia podem ser encontradas a seguir:

Parte 1; Parte 2;

 

3. Conheça o bordo.

Flops tem “texturas” diferentes, e essas texturas podem ser mais ou menos assustadoras, dependendo de sua mão e do range de seu oponente. Mais importante, pessoas diferentes respondem diferentemente a texturas de bordo diferentes. Numa board cheia de draws, se um loose agressive esta dando check-call você pode esperar que ele tenha o quase-nuts, mas se um loose e passive está dando check-call você pode esperar que ele tenha… bem, qualquer coisa!! O que afeta a textura da board? Bom vamos começar com o flop.

Suits: flops podem vir “rainbow” ( 3 naipes diferentes), “two suited” (2 de um naipe e 1 de outro) ou “monocromático” (todas as 3 com o mesmo naipe). Quanto mais “suited” for um flop, maior a mão os oponentes vão precisar pra dar call. Entretanto, perceba que muitos oponentes hiperagressivos vão estar mais propensos a apostar, dar check-raise ou float (dar call-light no flop com a intenção de roubar o pot no turn) tanto com um draw ou com um puro blefe ou um semi-blefe (draw) nesses tipos de board. Se vc é o primeiro a agir, você frequentemente pode roubar essses pots por um aposta razoavelmente pequena (2/3 do pot); se você toma call, cuidado com a flush draw! Um pouquinho de matemática: vamos supor que o flop venha com 3 espadas e você tem um espadas em sua mão. As odds de que seu oponente tenha flopado um flush pronto são 3,3% e as odds de que ele tenha flopado um flush DRAW são 15,8%. Se você flopou uma mão sólida (digamos TPTK) NÃO ENTRE EM PÂNICO E COMECE A DAR CALLS!!! Aposte e proteja sua mão contra o draw que é 4,75 mais provável que o flush pronto que te mataria. Além disso, se seu oponente realmente tem uma segunda-melhor mão, ele vai estar mais propenso a pagar uma aposta no flop monocrômico do que te pagar num turn que tenha 4 espadas (assumindo que ele não tenha uma). Aposte enquanto sua mão é a melhor e cobre bem dele se tentar completar o draw. Assim, se a board tem 3 espadas e você tem uma em sua mão os odds de seu oponente ter 2 espadas cai para 2,6% e os odds de ele ter 1 espade cai para 14,4% então as odds que seu oponente esteja num draw de flush são 5,6 vezes maiores que as odds de que ele tenha flopado o monstro. Aposte e proteja!

Conectividade: aqui estamos falando sobre quantas cartas para um straight uma board pode ter. Um flop monocrômico J-T-9 é MUITO mais perigoso que um flop monocrômico J-7-2. Sempre esteja ciente dos straight draws – eles são uma mina de ouro pra o jogador de poker “economizador” porque muitas pessoas deixam ele escapar. Quando o flop vem A-K-Q, o jogador com JTs acabou de levar o stack com o raiser pré-flop com AK. Quando a board é conectada, você precisa ficar esperto com as 2 possibilidades separadas: seu oponente pode ter 2 pair e seu oponente pode ter um open-ended straight draw. Frequentemente, 2 pares é a coisa mais assustadora, porque sua mão-fraca-mas- feita está contra um draw muito específico. Um straight draw pode se tornar um monstro quase imbatível, mas ele tem que CHEGAR LÁ primeiro. Em small stakes, muitos jogadores vão jogar passivamente um draw, dando check/call com um draw na esperança de completar, mas vão jogar agressivamente com 2 pares. Seus oponentes mais fortes vão jogar AMBAS as mãos fortemente. Quando alguém te dá raise numa mesa razoavelmente conectada você precisa decidir se ele esta provavelmente no draw ou se, ao contrário,eles floaparam um monstro. Então você vai proceder baseado na força de sua mão em relação ao range que você pensa que é provavel para esse oponente. Assim como uma suited board uma board conectada pode frequentemente ser usada como uma poderosa ferrramenta de blefe-ou semi-blefe. Digamos que seu oponente 30/11/3 dá raise prá-flop de MP e você call em posiçao com 33. Heads-up o flop vem 7-6-5, esse é REALMENTE um bom flop para se atacar agressivamente, considerando os stats do seu oponente, o raise torna overcards muito mais provável do que o normal,então os odds de que esse flop tenha completamente errado seu oponente são mais altos que o normal. Um raise no flop ou um float podem se tornar extremamente valiosos para você. Nessa análise eu estou ignorando seu inside straight draw – é virtualmente inútil, já que é altamente improvável de acontecer e tambám improvável de ser pago significativamente pelo vilão e mesmo assim ter a melhor mão. Não. Eu estou falando que esse flop é bom para você porque é improvável de ter melhorado a mão do seu oponente significativamente. Colocando a pressão necessária, você deve ganhar esse pot bem frequentemente SEM TER de chegar a um showdown.

Valor da High Card: seus oponentes adoram jogar cartas altas. Claro, você passou da fase de dar call em raises com KJo e A9o (Você JÀ passou dessa fase né?) mas eles não. Jogando essas mãos facilmente dominadas, vai se provar muito caro para seus oponentes não atentos, mas entenda essa regra geral: um flop que é pesado de cartas altas é muito mais propenso de ter se conectado com seus oponentes do que um flop que não tem muitas cartas altas. Se um A cair num bordo em um multi-way pot e eu não tenho PELO MENOS AQ, eu geralmente estou fora da mão. Não há nada que os oponentes amem mais que jogar Aces, e quando o flop vem com um Ace, seus oponentes vão se agarrar a esses A como se fossem feitos de ouro sólido. Pior ainda, um par de Ases com um kicker J (ou pior) vai estar enrascado a não ser que esse kicker se conecte ao board também. Pense sobre isso:

Digamos que vc tenha AJ em um board A-high. A próxima carta mais alta é um T. Se outro jogador tiver um A, quais são as odds para que a mão dele derrote a sua? Bem, AK e AQ obviamente lhe tem out-kicked e o improvável AA lhe tem dizimado.

Entretanto, existem 4 OUTROS Aces que te derrotam – aqueles que fizeram 2 pares. Isso significa que vc está atrás, tão frequentemente atrás quanto a frente nessa situação , e isso supondo que seu oponente tenha “só” um A! Você adiciona a isso os outros 2 pares randômicos e sets e sua mão vai ganhar no showdown menos da metade das vezes. Pior ainda, muitos oponentes vão entender a mensagem e foldar seus Ases com kickers fracos, mas não estão propensos a foldar qualquer mão que derrote você. As chances são de que se você, de algum modo, criar um grande pot, você vai estar mais propenso a estar para trás. Resumindo, proceda com grande cautela em A-high boards, mesmo se você tem um AK-high boards são bem perigosas também porque os oponentes mais looses vão jogar muitos kings especialmente suited-kings. Q’s e J’s são menos perigosos como a carta alta de um jogador mas MUITO perigosa como a carta BAIXA. Alguém disposto a jogar KJo preflop nunca foldará essa mão com um J-high flop.

Reconheça que os odds de seu oponente ter errado o board são maiores em boards de cartas baixas, e muito menores em boards de cartas altas. Isso é especialmente verdade se a board tem mais de 1 high card. Uma grande exceção a essa regra: se você DEU RAISE pré-flop – não desista quando o flop vier com uma high card, especialmente se essa carta é um A. Essa é uma chance fantástica de se roubar o pot. Estatisticamente falando, virtualmente qualquer oponente que vc poderia enfrentar tem uma chance menor de 50% de chance de ter um A nessa situação, mas se você apostar o flop eles vão pressupor que vc tenha um. Uma continuation bet standart vai ganhar o pot uma fração surpreendentemente grande do tempo. Se eles derem raise, fold e mova-se pra próxima mão.

Boards com Par: geralmente uma board com par é motivo de celebração. Por quê? Porque com uma board sem par existem nove cartas separadas no baralho não-visto que pode ter dado a alguem um par… Entretanto, com uma board COM PAR esse número cai para somente 5 cartas. Em outras palavras, agora é 50% menos provável que um oponente tenha feito uma mão boa o suficiente para continuar. Você deveria usar isso contra eles se for razoável para você assim fazê-lo. Perceba que se você deu limp pré-flop e o bordo é AAK, você pode usualmente dar check-fold, porque seu oponente não vai acreditar que você tem uma mão boa.

Entretanto se você deu raise pré-flop e o bordo vem 884, uma aposta em um pot heads-up é virtualmente OBRIGATÓRIO: seu oponente vai entender que perdeu, assumir que você tem um pocket pair e foldar ainda mais frequentemente do que foldaria para uma continuation bet típica. Boards com pares são perfeitos para a continuação da agressão pré-flop. Ademais, entenda que a maioria dos jogadores agressivos sabem disso, entao se você estiver em um pot que alguém deu raise e você tem um monstro escondido, considere um slowplay como um flop check-raise ou mesmo um check/call flop, “check/call flop, check/raise turn”.Seus alvos agressivos vão mandar uma c-bet muito frequentemente, entao vc pode pegar um blefe e ganhar um pot maior do que ganharia de outra forma. Obviamente, isso vai ser específico do oponente em questão, mas mantenha os olhos abertos para tais oportunidades.

No turn e no river, problemas similares com conectividade, naipes, cartas altas, e pares no bordo vão continuar, e vão definir a “Textura” do bordo. Como regra geral,um oponente vai continuar em boards altamente coordenados quando ele tiver uma mão forte ou um draw forte, mas um oponente loose pode continuar com tão pouco quanto top pair. Um oponente agressivo pode apostar esses boards perigosos com um draw, um combination draw (straight + flush) ou um par + draw, e mesmo apostar esses boards em um puro blefe. Um oponente passivo apostando um board perigoso, tem uma boa mão – esses caras raramente apostam seus draws. Agora, pra começar a juntar tudo isso, vamos nos mover para a 4ª  regra.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: